quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Batalha Gamer #1 - R4: O anjo ou o demônio do Nintendo DS/3DS?


Nesse segundo post do blog, sinto na obrigação de falar de um assunto em que tenho pensado há muito tempo. Afinal, o R4 é um vilão ou herói do Nintendo DS e 3DS? Para quem não sabe, isso é um flashcard que serve como um emulador de jogos para a plataforma DS. Ele engana o hardware do aparelho como se estivesse rodando um jogo original comprado legalmente, quando na verdade emula as roms baixadas na internet e que desempenham o papel do cartucho. Obter essas "roms" é fácil e grátis, porém nem é preciso dizer que elas enfraquecem o mercado gamer, causam um enorme prejuízo as produtoras que produzem seus jogos e são na maioria das vezes ilegais. Os prós e os contras de se possuir um R4 seguem a seguir.

Disponibilidade:

Mesmo que jogos sejam fáceis de se encontrar para vender (tanto em lojas virtuais como físicas), ainda há pessoas que acham difícil de serem encontrados, e também caros. Eu concordo que jogos no Brasil tem um preço caríssimo, e tenho consciência que para pessoas que compram jogos pela net, o custo do frete é caríssimo. Assim, alguns preferem usar a pirataria, baixando roms pela internet e colocando em seus flashcards, e já outros mesmo tendo condições financeiras para a compra de jogos originais compram o cartão para rodar jogos orientais, que não são lançados por essa banda (no caso do DS, há um caminhão de RPGs não lançados para cá).

Assim, buscar o nome do jogo no Google ou Bling, e baixá-las para dentro de seu portátil é mais cômodo, mesmo que isso enfraqueça a economia gamer. Desse modo, podemos dizer que nesse quesito...
A VITÓRIA É: dos  R4's e outros flashcards.

Replay:

Você já notou que quando se tem muitos jogs disponíveis para se jogar fica difícil você se empenhar em um só, e detoná-lo "de cabo a rabo"? É isso que se acontece com o R4. Você tem muitos jogos em mãos, e quase nunca você os aproveita de verdade. Agora quando se tem poucos jogos, no caso de cartuchos originais, a experiência de jogo é melhor. Sabendo que não há muitos jogos para experimentar, o jogador parece demonstrar uma determinação maior em aproveitar o máximo de coisas novas nesse jogo, algo especificamente raro no R4. Assim, no quesito Replay...
A VITÓRIA É: dos cartuchos originais.

Segurança:

Alguns donos do novo 3DS dizem que nunca teriam coragem de colocar um R4 perto do portátil 3D, já que as atualizações acabariam com o portátil, mas você sabia que também há perigo colocar o cartucho do R4 no DS comum?

Sim, ele estraga o leitor do aparelho se for muito usado, tendo que mandá-lo ao conserto para que apresente uma melhora. E não é só isso: os flashcards podem apagar arquivos de salvos ou corrompê-los. Na verdade, é um barato que sai caro!
A VITÓRIA É: dos cartuchos originais (óbvio)

Conteúdo multimídia para o DS Lite:

Nesse quesito os cartuchos originais nem tentam competir com o R4. Você já sabe que o DSi é compatível com músicas, fotos e outros, mas o DS Lite não. O Lite por sua vez conta com o R4 que permite execução de música (use o fone de ouvido, a caixinha de som do DS Lite não vale nada! não é tão boa), leitura de arquivos .pdf, MSN e outros, porém não com tanta eficiência, mas mesmo assim nesse ponto é indiscutível que...

A VITÓRIA É: dos  R4's e outros flashcards.

Sensação "orgulho":

Sabe aquela sensação de ter uma coisa novinha, bonita e só sua? Os cartuchos originais te dão isso tudo! Ter aquela box art incrível, e aquele manual bonito que lhe explica  que erá no jogo é muito melhor que ter um arquivo no R4 com "nomedojogo.nds".

É tão legal você pode dizer para o mundo "Eu comprei original! Não, eu não contribuí para a pirataria e fiz minha parte na sociedade!". Ok, exagerei um pouco, mas é extremamente indiscutível que...

A VITÓRIA É: dos cartuchos originais.

Considerações finais:

Podemos constatar que foi uma briga feia, mas os cartuchos originais venceram essa disputa com o placar de 3x2. O R4 faz a sua parte como um reproduror razoável de músicas, arquivos .pdf, e utilitário para MSN, mas faz feio em rodar jogos, que era para ser seu principal trunfo. Os cartuchos lhe proporcionam diversão e originalidade na medida certa. Respeito sua opinião se você prefere o R4. Já o resultado é:

R4: o demônio do Nintendo DS e 3DS!

Fique ligado que logo logo tem mais post!
- Não se esqueça, você está  No link quebrado, fácil entrar, difícil sair...

Um comentário:

  1. Bom, eu sou contra a pirataria por todos os motivos que você citou, fora que que contribui para o desemprego (trabalhei numa fabrica de um certo video game e sei bem disso). Mas vejo as isos e roms como como um ato de preservação digital. Hoje em dia esta muito raro achar certos jogos, e quando se acha, o preço é astronômico (é só olhar no mercado livre e alguns grupos no Facebook pra comprovar o que digo). Sou colecionador de games a muito tempo. Tenho tudo que você puder imaginar, mas também tenho muitas isos e ROMs, que jogo com frequência pelo celular.

    ResponderExcluir