terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

[OffGame] - O primeiro dia de aula é sempre o melhor pior dia de nossas vidas!

Hã? Como assim? Como pode haver um melhor pior dia? Eu explico, eu explico: há dias maravilhosos, ótmos, bons, regulares, ruins, péssimos e o pior dia. Eu costumo classificar todos os dias da minha vida com esses critérios, e hoje, meu dia de volta as aulas foi o melhor pior dia da minha vida. No geral foi um dia ruinzinho, mas que teve seus pontos de glorias. Bom vamos a uma pequena narrativa de como é passar cerca de dois meses - ou um mês e meio para alguns - de férias, na mais bela praia, no mais ensolarado verão (se bem que esse choveu pra burro!), no mais divertido jogo de 3DS, quando... FIM, acabou-se o que era docê, tchê! Voltemos a mesma rotina de sempre, mais deveres de casa, mais professores insuportáveis (se bem que nós alunos também somos mega insuportáveis), grandalhões chatos e metidos a besta se achando os valentões da escola, só porque batem nas criancinhas e roubam o lanche, mas que no fundo não tem merd@ nenhuma na cabeça, bah! Bom, vamos lá!
Pô, que horas são? Aaah, faltam 50 minutos. Vou levantar, e...  Ooohaaaaaaaaww, que sono! Essas foram as primeiras palavras que eu disse ontem, 06 de fevereiro de 2012, quando me lembrei que... tinha aula. Foram as mesmas abtuadas rosquinha de café da amanhã que eu havia comido o ano passado inteiro o que me aguardava, na mesa da copa da minha casa. Comi tudo rápido, vesti minha roupa (o uniforme ainda não ficou pronto, nah), escovei os dentes... Rumo ao ensino médio!
Casa - escola, escola - casa... Minha casa fica até que é bem perto da minha escola, e contribui pra mim não chegar atrasado. Encontrar meus mesmos amigos e amigas do ano anterior me deu um pequeno alívio imediato de que eu não era o único deslocado de lá, mas meus melhores amigos de verdade foram pra outra escola, e me farão MUITA FALTA esse ano. Apesar de estar em uma turma conhecida, sou pouco amigo deles, pois como já disse, meu fiéis amigos não estão mais lá... Bom, a solução é se enturmar.
A escola tava até que organizadinha, e o diretor chamou todos nós pra entrar, e depois do blá blá blá inicial de boas vindas, me acomodei na primeira cadeira, de frente para o professor (eita!). Eu acho lá um lugar bem legal, e alguns amigos e amigas meus sentavam ali perto. Fui apresentado a uma aula rotineira de Língua Portuguesa, com uma professora que parece ser legal, e em seguida a uma aula de filosofia que foi bem também... a questão é que quando chegou o recreio, eu percebi o que é ser isolado! Nunca tive dificuldade pra fazer amizade com ninguém, acho que isso é uma boa coisa, sempre tive bons amigos, mas que derrepente sumiram da minha frente... Fiquei só no famoso "enrolation", fingindo que tava pegando um material na mochila, enrolando pra comer o salgadinho e quando não havia mais nada pra enrolar, fui obrigado a sair, e ver que eu não era o único desengonçado e meio deslocado de lá. A maioria de pessoas lá eram como eu, assim como alguns da minha sala, também ficaram meio desconfortáveis, e mesmo ninguém dando o braço a torcer, queriam que o recreio acabasse logo... Eita quinze minutos que nunca passam!


Sabe, acho que é normal alguém não se adaptar tão rápido a uma escola nova, ou uma turma nova. Sinto muita falta daqueles que não foram comigo, do mesmo jeito que eles sentem falta de mim, mas eles não morreram! Tenho muito contato com eles, e hoje mesmo tirei o atraso e passei a tarde inteira conversando com a galera (motivo pelo qual não postei nenhum post durante a tarde). Se você ainda é uma daqueles que não se dá muito bem com seus colegas de classe, ou mesmo que se da bem, porém está um tanto quanto excluído, saiba que isso é muito natural. Tudo vai se adaptando com o tempo, você vai ver, e logo fará novas amizades, e infelizmente, mas com certeza, perderão algumas amizades... Isso é parte da vida na escola, na vida em grupo, ou na vida propriamente dita. Muitos vão, muitos ficam. Mas aproveite o tempo, (assim como eu estou aproveitando) que são um por todos e todos por um!

Voltei pra casa conversando com uma amiga minha, e quando cheguei aos meus pais como foi meu primeiro dia de aula, percebi que não foi tããããão ruim assim, e que no fim das contas, eu não fiquei tão solitário, ninguém fez nada de mal para mim, nem a outros... Bem, aquele foi o melhor do piores dias da minha vida!
Agora, hoje, terça feira, 07 de fevereiro de 2012, tive meu segundo dia de aula. Me espantei como a escola estava diferente! Tudo tão familiar... tão convidativo... tão... sei lá a palavra, mas aquele clima estranho e pesado de "eu sou novo aqui, ta ligado?" tinha desaparecido. Conversei com novos amigos e amigas, me enturmei mais, e agora, tenho uma nova galera de amigos. Passei o recreio conversando a rodo com praticamente toda a minha turma, e... Eita quinze minutos pra passarem rápidos! Cara, nem vi quando o sino tocou... Foi tão legal ter amigos de novo, foi tão bom poder confiar novamente na minha turma, foi tão prazeroso assistir as aulas olhando para aquelas mesmas carinhas de amigos que havia acabado de fazer... Ouso dizer que até resolver um probleminha matemático ao lado de novos amigos e amigas foi super divertido! Espero que amanhã seja tão bom quanto foi hoje!
Se você ainda tá na pior, mesmo no segundo dia, lembre-se de uma frase que vi no Fórum Nintendo Blast de um usuário que não lembro o nome: "Se você está se sentindo no fundo da foça, saiba que tem alguém mais no fundo ainda"! 

Eu não tinha a intenção de fazer mais um OffGame tão cedo, mas os primeiros dias de aula são um assunto indispensável, e que eu resolvi compartilhar com vocês. Aliás, se você tem uma história parecida, envie-nos um e-mail (hm.producoescontato@gmail.com), ou deixe-nos um comentário contando.

Bem, feliz 2012, e feliz ano letivo!


P.S.: não esqueça de puxar beeeeeeeem o saco até daquele professorzinho íngua para garantir notas boas assim como eu estou fazendo, hehe'. Brincadeiras a parte, até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário