quarta-feira, 19 de novembro de 2014

O mundo está ficando muito violento. Ou não.

Assistindo a TV esses dias, reparei que o mundo tem ficado muito violento! É verdade, ladrões matam por dinheiro, uma louca mata o seu cãozinho em frente ao seu filho, uma ambientalista mata uma onça em extinção, e fora tantos outros que não são noticiados. E é sobre isso que quero falar: os atos que não são noticiados.

Os mais velhos se orgulham de dizer que viveram numa época sem violência, onde os jovens não passavam o dia inteiro em frente a videogames (que nem existam), e o índice de criminalidade era muito menor. Será mesmo? Eu tenho toda a certeza de que eles estão errados, e posso afirmar que hoje em dia o mundo é tão violento como fora lá há 70 ou 80 anos atrás.

Os meios de comunicação facilitam a vida de todos, não há como negar. A Televisão é uma ótima transmissora de notícias, boas, e ruins. Devemos afirmar que mais de 80% das notícias que você vê no Jornal Nacional, ou outros, são ruins, e em média 10% são irrelevantes, e apenas outras 10% ou menos são notícias boas, ou ótimas. Como disse aí em cima, as épocas antigas tinha fama de paz, e amor. Mas sempre foi na minha opinião guerra e ódio, como continua sendo hoje.

Sabe porque cheguei a essa conclusão? Por que antes não havia Televisão, ou outro meio de comunicação, e as notícias ruins demoravam muito pra chegar aos ouvidos de todos. Eram espalhadas por fofoca, e muitas vezes passavam despercebidas por muitos. Mas você pode chegar pra mim e dizer: "Não havia televisão, mas havia jornais impressos. Explica essa, porra!"

Explico: jornais impressos não causam tanta repercussão quanto TV ou Internet, e (principalmente) nem tanta polêmica. Quantas pessoas você conhece que leem ou assinam jornais diários? Agora quantas pessoas você conhece que assistem a tele-jornais todos os dias? Praticamente o triplo, no meu caso.

Mas uma coisa é certa: Os jovens de antigamente realmente não ficavam o dia inteiro em frente a uma TV ou um videogame. Diziam ter mais infância: brincavam de pique-pega, esconde-esconde, o tal do "barrelium" e outros mais. Isso tudo é verdade, mas enquanto os jovens de hoje jogam video-game até perderem os olhos, os adolescentes de antes (não estou generalizando!) perdiam a vida de tantas drogas que consumiam. Os anos 60 que o digam. Eu sei, hoje em dia ainda tem muito filho da puta noiado...

Você deve estar cansado de ouvir: "As pessoas estão muito violentas! É o fim do mundo mesmo". Não.

O fim mundo é todo dia da semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário